Nutrição Animal

Congelamento para segurança alimentar de dietas naturais para cães e gatos

PDF

Para ler mais conteúdo de nutriNews Brasil 4º Trimestre 2023

Ananda Portella Félix Zootecnista, Professora do Departamento de Zootecnia, Universidade Federal do Paraná

Ananda Portella Félix

Daniele Cristina de Lima Escrobot Doutora em Ciências veterinárias e Zootecnia, especialista em nutrição de cães e gatos

Daniele Cristina de Lima Escrobot

Eduarda Lorena Fernandes Zootecnista, Mestranda pela Universidade Federal do Paraná

Eduarda Lorena Fernandes
+VER TODOS OS AUTORES

Congelamento para segurança alimentar de dietas comerciais fabricadas à base de ingredientes de uso humano para cães e gatos

Os animais de estimação estão mais “humanizados” e, no que diz respeito à alimentação animal, há uma replicação de tendências da alimentação humana (Viana et al., 2020).

Em razão disso, o interesse por produtos mais naturais e ingredientes alimentares de uso humano destinados a cães e gatos tem crescido substancialmente, levando a um aumento na procura por dietas conhecidas como ‘dietas naturais’.

alimentos-caes-e-gatosEssa busca por novos produtos também resultou na procura por métodos de produzir e conservar esses alimentos até chegarem às prateleiras, a fim de garantir não apenas maior palatabilidade para os cães e gatos, mas também seguridade alimentar. Portanto, o investimento em tecnologias de fabricação e armazenamento desses alimentos, em conjunto com a garantia de que as instalações estejam de acordo com as boas práticas de fabricação (BPF), tornou-se essencial para atender às demandas crescentes do mercado.

Assim como na alimentação humana, os alimentos destinados aos animais também estão propensos à contaminação microbiológica, principalmente quando alimentados com dietas cruas, como a infecção por Salmonella spp. e Campylobacter spp. (Joffe e Schlesinger, 2002; Bojanić et al., 2017), além de outros gêneros de bactérias (Weese et al., 2005) e parasitos (Ahmed et al., 2021).

 

agriCalendar

Pesquisas realizadas com dietas cruas demonstraram que apesar da maioria dos animais não apresentarem sinais clínicos, a disseminação de Salmonella spp. persiste por até uma semana no ambiente (Finley et al., 2007).

Por ser uma zoonose, essa contaminação ambiental pode ocasionar doenças tanto em animais como em humanos imunossuprimidos.

saude-caes-e-gatosOs animais podem se contaminar ao ingerir esses potenciais patógenos no alimento. Por sua vez, seus tutores podem ser contaminados por meio do contato direto com os alimentos durante a sua manipulação, com o animal contaminado, com superfícies e utensílios domésticos usados para a preparação dos alimentos, ou até mesmo pela ingestão de alimentos com contaminação cruzada (Van Bree et al., 2018).




PARA SEGUIR LENDO REGISTRE-SE É TOTALMENTE GRATUITO


Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital




CADASTRO




ENTRE EM
SUA CONTA








ENTRAR


Perdeu a senha?




Subscribe Now!
agriCalendar
BANNER de LALLEMAND
nuproxa esp

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.