Nutrição Animal

Fatores que afetam a palatabilidade em alimentos para gatos

PDF

Para ler mais conteúdo de nutriNews Brasil 2º Trimestre 2023

banner horizontal whats

Fatores que afetam a palatabilidade em alimentos para gatos

Uma dieta balanceada deve atender todos os nutrientes necessários, especialmente os essenciais e também possuir sabores que possam estimular a alimentação. Sem palatabilidade, uma dieta mesmo que completa e balanceada não é suficiente para proporcionar um ótimo consumo.

palatabilidade-gatosDesta maneira, a palatabilidade da dieta, pode ser aumentada através do uso de aditivos, como sabores ou ingredientes naturais (Pekel et al., 2020).

 

A palatabilidade da dieta desempenha um papel importante na otimização de energia e ingestão de nutrientes em gatos domésticos através da garantia da ingestão suficiente de alimento.

Odor, sabor, textura e tamanho de partícula são fatores adicionais que desempenham um papel importante nas preferências de ingestão de alimentos por gatos (Hullar et al. 2001; Small e Prescott 2005).

agriCalendar
Um alimento, para ser palatável precisa de ingredientes de qualidade, processamento adequado que contribua com aspectos sensoriais do produto acabado, aplicação de palatabilizante e gordura uniformes, textura, formato do Kibble, pH, sabor e aroma atrativos.

 

  • A palatabilidade de qualquer alimento para gatos está fortemente relacionada aos seus atributos de sabor, odor, forma, textura, e sensação de paladar (Small e Prescott 2005).

A percepção do odor é muito importante para os gatos e desempenha um papel fundamental na escolha e ingestão de um alimento. Gatos utilizam o odor para definir quais alimentos são apropriados para sua necessidade nutricional e também para percepção de substâncias tóxicas.

palatabilidade-odorDesta forma, os gatos compensam a sua capacidade relativamente baixa de saborear os alimentos devido ao baixo número de papilas gustativas, usando seu sistema olfativo muito mais desenvolvido.

Gatos, são facilmente atraídos por um alimento, inicialmente, pelo odor. Sendo assim, os realçadores de sabor afetam a palatabilidade dos alimentos de duas maneiras diferentes:

palatabilidade-1A primeira, denominada sabores que afetam a ‘primeira escolha’, que é o primeiro item alimentar provado pelos gatos em testes de preferência, e esses sabores afetam principalmente a percepção olfativa dos gatos, melhorando a atratividade.

Nuproxa 07-2023
banner special nutrients
banner basf
nuproxa esp

palatabilidade-2E segundo, “efeito de escolha contínua” quando recebem o mesmo alimento e sabor novamente e reflete a aceitação real de um alimento a longo prazo (Tobie et al. 2015). Na escolha contínua, o sabor, a sensação na boca, a textura, entre outros fatores, tem maior contribuição à palatabilidade do que o apenas o odor do alimento.

palatabilidade-alimentos-umidos

Embora o paladar dos gatos os ajude a avaliar os nutrientes de um alimento, também os protege de ingerir substâncias tóxicas, ingredientes nocivos ou indigeríveis.

  • No entanto, gatos apresentam uma quantidade relativamente pequena de papilas gustativas, isso faz com que gatos usem sentidos complementares para perceber o sabor dos alimentos. Entre os sentidos alternativos, destaca-se o odor, sendo 14 vezes melhor que em humanos (Padodara e Jacob 2014).

É conhecido também, que o estado fisiológico de fome afeta o comportamento alimentar dos gatos (Peachey e Harper 2002).

Um estudo, revelou que os gatos preferem comer alimentos mais palatáveis independentemente do seu nível de fome. No entanto, também verificou-se que os gatos podem consumir a dieta menos palatável, conforme o nível de fome (Van den Bos et al., 2000).

Outro fato que influencia na aceitabilidade de um alimento, é a idade, pois quanto mais avançada, resulta na diminuição significativa dos receptores olfativos, reduzindo assim o olfato. Sobretudo, a idade também tem sido associada a uma perda concomitante de paladar (Boyce e Shone 2006).

Existe ainda os fatores da dieta que afetam a palatabilidade. Embora os gatos possam consumir alimentos secos ou semi-úmidos, existe a preferência principalmente por alimentos úmidos ou enlatados, devido ao nível de umidade dos alimentos ser muito próxima à da carne (70-85%) (Zaghini e Biagi 2005).

Em relação ao conteúdo proteico, há uma forte correlação positiva entre o nível de proteína e a palatabilidade, principalmente quando são utilizadas fontes de proteína animal (Zaghini e Biagi 2005).

Outro fato bastante conhecido é de que a palatabilidade dos alimentos aumenta proporcionalmente medida que o teor de gordura aumenta.

dieta-palatabilidadeUma dieta rica em gordura pode ajudar a atender às necessidades de energia dos gatos com uma maior palatabilidade, mesmo seu consumo de alimentos sendo menor do que esperado (Delaney 2006).

Vários compostos podem ser incorporados em alimentos para gatos, com propósito nutricional, funcional e também de palatabilidade.

Além de contribuir com o aumento palatabilidade, os aditivos alimentares podem também ser usados para fins como limpeza dentária (por exemplo, fosfatos), dar cor à comida ou refrescar o hálito de gatos ou mesmo mascarando odor desagradável para humanos em dietas de gatos (ex. cheiro de baunilha).

O plasma animal seco por pulverização é rotineiramente adicionado especialmente em alimentos enlatados para animais de estimação devido à sua alta capacidade de retenção de água e, portanto, melhor gelificação, e propriedades emulsificantes (Rodríguez et al. 2016). Além disso, há relatos de melhora da palatabilidade em dietas contendo plasma seco por pulverização do que dieta contendo glúten de trigo (Polo et al., 2005).

 

levedura-palatabilidade

A levedura seca, um subproduto da indústria do etanol, e a levedura de cervejeira, também são usados como intensificador da palatabilidade na indústria de alimentos para animais de estimação.

  • O aumento da palatabilidade, com a adição de levedura tem sido atribuído a sua alta concentração de ácido glutâmico que dá o umami ou aroma de carne (Nagodawithana 1992).

Embora, gatos são conhecidos por não possuírem apetite por sal, a adição de cloreto de colina a 0,3%, foi relatado por ter um sabor semelhante ao sal em outros animais, sendo útil no aumento da palatabilidade e consumo de alimentos de uma ração seca para gatos (Lin et al.,1997).

No entanto, o mecanismo fisiológico por trás disso relação não está elucidada.

Por fim, o uso de respostas comportamentais durante a ingestão alimentar em combinação com os dados de preferência e consumo podem ser benéficos para fornecer dados mais abrangentes sobre a determinação da palatabilidade em pet food, além do desenvolvimento de novos produtos realçadores de sabor e intensificadores de palatabilidade, que poderão melhorar a aceitabilidade de certos ingredientes que ainda são rejeitados por gatos.

 

Referências sob consulta.

banner basf
biozyme robapagina
BANNER de LALLEMAND
agriCalendar

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.