Bem Estar

Indicadores de bem-estar associados à conversão alimentar e ao consumo

PDF

Para ler mais conteúdo de nutriNews Brasil 2 Trimestre 2021

Caio Abércio da Silva Pós-doutor pelo Institute National de la Recherche Agronomique - INRA, Toulouse, França.

Caio Abércio da Silva

Carlos Rodolfo Pierozan Doutorado em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Londrina.

Carlos Rodolfo Pierozan

Cleandro Pazinato Dias Mestre em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Cleandro Pazinato Dias
+VER TODOS OS AUTORES
banner horizontal whats

Indicadores de bem-estar associados à conversão alimentar e ao consumo de ração de crescimento e terminação


A implantação de práticas de bem-estar em granjas de suínos é essencial para se atingir bons níveis de desempenho animal (Kaupinnen et al., 2012). Animais criados sob condições de estresse podem ter redução no consumo de alimento, no ganho de peso, e menor peso final (Martínez-Miró et al., 2016), prejudicando produtividade e rentabilidade (Velarde e Dalmau, 2012).
O Projeto Welfare Quality surgiu após a preocupação de consumidores de alimentos de origem animal em relação às práticas de bem-estar animal aplicadas aos sistemas de produção. Para a avaliação do bem-estar de suínos e outras espécies, o Projeto desenvolveu protocolos de avaliação regidos por quatro princípios norteadores:
Boa alimentação
Bom alojamento
Boa saúde
Comportamento apropriado
Nesses protocolos o bem-estar é avaliado principalmente por meio da observação do animal, apresentando menor importância a avaliação do ambiente no qual ele está inserido.
Apresentamos neste artigo alguns resultados de prevalência de indicadores de bem-estar animal avaliadas por meio do protocolo Welfare Quality® para suínos criados em granjas nacionais de crescimento e terminação. Além disso, por meio de modelos matemáticos, estabelecemos relações entre alguns destes indicadores com a conversão alimentar e o consumo diário de ração dos lotes avaliados.

ESTUDO
Foram avaliados em granjas comerciais de crescimento e terminação, localizadas na região oeste do Paraná, 46 lotes de suínos. Os indicadores de bem-estar animal foram mensurados usando a metodologia proposta no protocolo de avaliação Welfare Quality® para suínos em crescimento (Welfare Quality®, 2009). Vinte e dois indicadores do protocolo foram contemplados nesta avaliação.
Para alguns indicadores, o protocolo prevê a utilização de uma escala de três pontos (0-2) para quantificar a condição de bem-estar, sendo:
zero (0), atribuído quando verificada condição adequada;
um (1), quando verificado algum prejuízo ao bem-estar animal (problema moderado);
dois (2), quando havia uma situação mais crítica (problema grave).

Para outros indicadores, uma escala de dois pontos foi usada, com valores de 0 e 2, representando ausência ou presença, respectivamente. Um resumo dos indicadores mais relevantes para este artigo é apresentado no Quadro 1.
A conversão alimentar e o consumo diário de ração dos lotes foram obtidos após o final do período de produção na granja, e foram utilizados como variáveis de desempenho. Por meio de modelos de regressão múltipla, verificou-se a relação entre os indicadores de bem-estar sobre esses índices zootécnicos.


Na Tabela 1 são apresentadas as prevalências das condições de bem-estar dos 46 lotes de suínos. Com relação aos indicadores que foram classificados como graves (com pontuação 2, indicando situação de alto comprometimento do bem-estar animal), apenas “bursite” e “fezes aderidas ao corpo” apresentaram valores de prevalência superiores a 1%, sendo a prevalência deste último superior a 20%.

Nuproxa 07-2023



PARA SEGUIR LENDO REGISTRE-SE É TOTALMENTE GRATUITO


Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital




CADASTRO




ENTRE EM
SUA CONTA








ENTRAR


Perdeu a senha?




banner special nutrients
agriCalendar
BANNER de LALLEMAND
Nuproxa 07-2023

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.