Aditivos

Uso do Bacillus Subtilis sl-12-1 em frangos de corte

PDF

Para ler mais conteúdo de nutriNews Brasil 1 Trimestre 2022

Os Bacillus possuem características muito importantes, como cepas probióticas adequadas para a comercialização e distribuição na produção animal. Tudo isso, em função de sua capacidade de resistir a condições ambientais adversas, sobreviver durante os procedimentos de peletização de rações com temperaturas extremas, ser tolerantes aos níveis extremos de pH, desidratação, altas pressões, produtos químicos cáusticos e possuírem uma longa vida útil (Vreeland et al., 2000; Cartman et al., 2007).

Além do que, as cepas de Bacillus demonstram ótima tolerância às condições ácidas do sistema digestivo das aves, sais biliares e atividade antimicrobiana (PATEL et al., 2009).

Cepas selecionadas de Bacillus apresentam capacidade de produzir enzimas exógenas, incluindo proteases, lipases, celulases, xilanases, fitases e queratinases (Hendricks et al., 1995; Monisha et al., 2009; Mazotto et al., 2011; Mittal et al., 2011; Shah e Bhatt, 2011; Janiet al., 2012). Essas enzimas ajudam a decompor moléculas mais complexas que constituem a ração, favorecendo a digestão e absorção dos nutrientes, diminuem a viscosidade dos polissacarídeos não amiláceos no intestino e diminuem a quantidade de substratos disponíveis para o crescimento de bactérias patógenas.

Bacillus Subtilis Além disso, foi demonstrado que a presença de isolados de Bacillus, como o Bacillus subtilis, favorece a multiplicação de outros microrganismos benéficos, como os Lactobacillus, pela produção de subtilisina e catalase e diminui o pH intestinal (Hosoi et al., 2000). O Bacillus subtilis possui também a capacidade de criar um ambiente anaeróbio dentro do intestino da ave após sua germinação, isso também auxilia o crescimento e proliferação dos Lactobacillus nativos da microbiota das aves.

Bacillus Subtilis O Bacillus subtilis é considerado como microrganismo transitório no trato gastrointestinal, pois não possui capacidade de adesão ao epitélio intestinal, este possui capacidade de germinar, multiplicar e formar uma população dentro da microbiota normal das aves e outros animais (Bortolozo, 2002).
Bacillus Subtilis

Alltech rp

AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL DO BACILLUS SUBTILIS SL-12-1
Procedimentos Experimentais
A avaliação foi conduzida com 1.200 pintos de corte Cobb 500, machos de um dia de idade, em boxes experimentais com cama nova de maravalha e foi realizado no aviário experimental do Laboratório de Avicultura da Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, LAVIC/UFSM/RS.
O desempenho produtivo foi comparado em um experimento constituído de 4 tratamentos, com 6 repetições e 25 aves cada, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, de 1 a 42 dias de idade (Tabela 1).

 

Alltech rp
SIAVS
Yes
agriNews FM pt

Ingredientes e Rações
Os ingredientes foram todos obtidos de indústrias locais e provenientes da mesma parcela. Milho e farelo de soja tiveram sua composição analisada. As dietas experimentais foram à base de milho e farelo de soja atendendo aos níveis práticos utilizados no Brasil (Rostagno et al., 2017). O programa alimentar teve 4 fases:

 

Desafio de Clostridium Perfrigens
O desafio consistiu em vacina para coccidiose 10x dose comercial aos 14 dias (Bio- Coccivet R, Eimeria acervulina, E. brunetti, E. maxima, E. necatrix, E. praecox, E. tenella e E. mitis; Biovet Vaxxinova, SP, Brasil) e aos 19 dias inoculação com Clostridium perfringens 1 mL/ave; aproximadamente 3,1 × 109 UFC/mL). Todos os grupos foram desafiados (Figura1).

Bacillus Subtilis

Figura 1. Vacinação de coccidiose aos 14 dias e desafio de Clostridium perfringens aos 19 dias de idade.

Resultados
Os grupos foram avaliados semanalmente, da primeira à sexta semana de idade, monitorando o consumo de ração, peso, mortalidade, conversão alimentar e ganho de peso diário. 
Os dados zootécnicos foram comparados entre os grupos e entre as semanas dentro do mesmo grupo. Os resultados zootécnicos mais relevantes estão expressos nas Tabelas 2, 3 e 4.

Bacillus Subtilis
Bacillus Subtilis Bacillus Subtilis
Conclusão
O produto Zymospore®, constituído pelo Bacillus subtilis SL-12-1, apresentou uma melhora no ganho de peso de 110g quando associado com a Flavomicina e em 75g quando incluso na dose de 300g/ton em comparação com o grupo tratado somente com Flavomicina, para frangos de corte, no período de 1 a 42 dias de idade.

Yes
Alltech rp
agriNews FM pt
zinpro robapaginas
MAIS SOBRE Aditivos

ESCUTE A REVISTA EM agriFM

agriFM

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.