Ácidos orgânicos auxiliam na redução de enterite necrótica em frangos de corte

08 Feb 2022

Ácidos orgânicos auxiliam na redução de enterite necrótica em frangos de corte

ácidos orgânicos A indústria avícola deixou de usar antibióticos como promotores de crescimento.  Essa transição criou uma crescente indústria de aditivos alimentares focada em fornecer alternativas naturais que melhoram o desempenho e melhoram a saúde animal.
Existem inúmeros produtos comprovados como alternativas ao uso de antibióticos para a indústria avícola, incluindo, mas não limitado a:

Ácidos orgânicos,

Óleos essenciais,

Metabólitos de plantas,

aminoácidos,

Oligossacarídeos,

Minerais,

Componentes da parede celular de levedura.

A enterite necrótica, também chamada de necrose intestinal das aves, é uma doença causada pela multiplicação de Clostridium perfringens no intestino das aves, gerando um grande problema para a avicultura. Isto porque é uma doença que causa alta taxa de mortalidade.
Clostridium perfringens é uma bactéria formadora de esporos, Gram-positiva em forma de bastonete que é onipresente na natureza.
A enterite necrótica é comumente observada em frangos de corte de 2 a 5 semanas podendo permanecer no lote por 5 a 10 dias.
A enterite necrótica pode ter efeito significativo no desempenho das aves pois prejudica a capacidade de absorção de nutrientes, a taxa de crescimento e a conversão alimentar, bem como o bem-estar animal, causando grande impacto econômico.
Alguns sintomas de enterite necrótica:

  • Depressão severa
  • Diarreia
  • Desidratação
  • Diminuição do consumo de ração
  • Penas eriçadas
  • Relutância em se mover

Enterite necrótica pode também apresentar subclinicamente em aves, na qual a produção subótima pode ser o único sinal da doença.
A remoção de antibióticos promotores de crescimento da ração contribuiu para um aumento substancial de surtos de enterite necrótica na indústria avícola. Vários estudos mostram a eficácia de produtos naturais para melhorar o crescimento e o desempenho, reduzir a mortalidade, diminuir a patologia intestinal e alterar as populações microbianas intestinais sob desafio experimental de enterite necrótica. Os ácidos orgânicos, especificamente, agem diretamente sobre bactérias patogênicas reduzindo o pH do interior da célula.
A enterite necrótica é uma doença complexa e multifacetada e, como tal, a progressão da doença pode ser influenciada pela composição da dieta, estado imunológico da ave ou se houve mudança repentina nas populações microbianas intestinais.
Um estudo recente teve o objetivo de determinar se a suplementação dietética com uma mistura microencapsulada de ácidos orgânicos e aditivos fitogênicos reduz os sinais clínicos de enterite necrótica. Essa mistura foi composta de ácidos cítrico (25%) e sórbico (16,7%), timol (1,7%) e vanilina (1,0%).
Os autores observaram que a mortalidade no grupo suplementado foi de 47,4% e 70,7% nos controles. Além disso, as pontuações das lesões foram menores nas aves suplementadas. As aves alimentadas com suplemento tenderam a serem mais pesadas (848,6g) do que os controles (796,2g).
Esse tipo de mistura (ácidos orgânicos e aditivos fitogênicos) têm efeito imunomodulador, estimulando as atividades funcionais dos leucócitos do sangue em frangos de corte jovens, alterando as principais vias de sinalização imune e metabólica intestinal e as populações microbianas. Portanto, a adição de uma mistura de ácidos orgânicos e fitogênicos a uma dieta de frangos de corte reduz os sinais clínicos de enterite necrótica.
Quer saber mais sobre uso de aditivos na avicultura? Clique AQUI!

zinpro robapaginas ABvista
Itpsa nutri br 0722
Banner Evento ESG Simposio Leite Integral
BANNER Tabelas Brasil
Nucleovet 062022
Relacionado con Nutrição Animal
Últimos posts sobre rumiantes Nutrição Animal
Sectoriales sobre rumiantes Nutrição Animal
ABvista
Nucleovet 062022
zinpro robapaginas
Banner Evento ESG Simposio Leite Integral

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.