Influenza aviária é confirmada em dois rebanhos em Connecticut e Iowa

02 Mar 2022

Influenza aviária é confirmada em dois rebanhos em Connecticut e Iowa

O Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal (APHIS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) confirmou a presença de Influenza Aviária altamente patogênica (HPAI) em dois rebanhos não comerciais de quintal em Connecticut e Iowa.

Amostras do rebanho de Connecticut foram testadas no Laboratório de Diagnóstico Médico Veterinário da Universidade de Connecticut e amostras do rebanho de Iowa foram testadas no Laboratório de Diagnóstico Veterinário da Universidade Estadual de Iowa, ambos parte da Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Animal.
Os casos foram confirmados no APHIS National Veterinary Services Laboratories (NVSL) em Ames, Iowa.
O APHIS está trabalhando em estreita colaboração com autoridades estaduais de saúde animal em Connecticut e Iowa em respostas à esses incidentes. As autoridades estaduais colocaram em quarentena as instalações afetadas e as aves nas propriedades serão despovoadas para evitar a propagação da doença. As aves dos bandos não entrarão no sistema alimentar.
De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, as recentes detecções de HPAI em aves não representam uma preocupação imediata de saúde pública. Nenhum caso humano desses vírus da gripe aviária foi detectado nos Estados Unidos. Como lembrete, o manuseio e cozimento adequados de aves e ovos a uma temperatura interna de 74 ˚C mata bactérias e vírus.
Como parte dos planos de resposta à gripe aviária existentes, parceiros federais e estaduais estão trabalhando em conjunto em vigilância e testes adicionais em áreas ao redor dos bandos afetados. Os Estados Unidos têm o programa de vigilância de Influenza Aviária mais forte do mundo, e o USDA está trabalhando com seus parceiros para procurar ativamente a doença em operações comerciais de aves, mercados de aves vivas e em populações de aves selvagens migratórias.
Qualquer pessoa envolvida com a produção avícola do pequeno quintal ao grande produtor comercial deve rever suas atividades de biossegurança para garantir a saúde de suas aves.
O USDA relatará essas descobertas à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), bem como aos parceiros comerciais internacionais. O USDA também continua a se comunicar com parceiros comerciais para incentivar a adesão aos padrões da OIE e minimizar os impactos comerciais. As diretrizes comerciais da OIE pedem aos países membros que não imponham proibições ao comércio internacional de commodities avícolas em resposta a tais notificações em não aves.
O APHIS continuará a anunciar o primeiro caso de HPAI em bandos comerciais e não comerciais detectados em um Estado, mas não anunciará detecções subsequentes no Estado.

zinpro robapaginas
agriNews FM pt
Itpsa nutri br 0722
Nucleovet 062022
Relacionado con Controle sanitário
Últimos posts sobre rumiantes Controle sanitário
Sectoriales sobre rumiantes Controle sanitário
agriNews FM pt
Yes
perstorp-pt
Banner Evento ESG Simposio Leite Integral

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.