Consumo de pet food no Brasil poderia ser o dobro do atual

05 Jul 2023

Consumo de pet food no Brasil poderia ser o dobro do atual

Consumo de pet food no Brasil poderia ser o dobro do atual. Produto possui nutrientes necessários e na quantidade ideal para saúde dos animais de estimação

Um cão precisa de cerca de 37 nutrientes diários e um gato, mais de 40. Oferecer sobras da alimentação humana, além de não atender necessidades nutricionais, pode gerar doenças nos pets, alerta Abinpet

Em 2022, a indústria pet brasileira produziu 3,9 milhões de toneladas de pet food, e deve encerrar 2023 com uma produção de 4 milhões de toneladas. O aumento projetado pela Abinpet é de cerca de 3%.

No entanto, a entidade calcula que a demanda ideal do produto no Brasil seja de 9,5 milhões de toneladas, mais do que o dobro do que de fato sai das fábricas. A procura do produto pelos consumidores não chega a esse nível por diversos fatores. Desde a alta carga tributária que encarece o produto, até a cultura de alimentar. Ainda hoje, muitos pets têm os restos da alimentação humana como principal fonte de energia e nutrientes.

Nuproxa 07-2023
banner special nutrients

“Existe o gargalo da carga tributária, que impede o crescimento da indústria, mas principalmente, afasta uma parte considerável dos donos de animais do pet food – comenta o presidente-executivo da Abinpet, José Edson Galvão de França – para se ter uma ideia, a cada R$ 1 gasto pelas famílias, cerca de R$ 0,50 são impostos. Mas existe também o hábito de oferecer sobras da mesa para os pets. E essa prática é prejudicial à saúde dos animais“. Doenças renais e obesidade são alguns dos riscos.

É por isso que as indústrias de pet food chamam, tecnicamente, o produto de alimento industrializado completo: o processo de fabricação da “ração” tem como resultado final um produto que atende a todas as necessidades nutricionais dos animais, na porção adequada.

“Um cão precisa de cerca de 37 nutrientes diários e um gato, mais de 40. Para atender a essas necessidades, as fábricas seguem protocolos rígidos de segurança e nutrição, baseadas em pesquisas acadêmicas, e atendendo exigências internacionais, já que o Brasil é um exportador de pet food”, comenta o presidente-executivo da Abinpet.

Nuproxa 07-2023
Subscribe Now!
biozyme robapagina
banner basf

Além dos nutrientes, as diferentes linhas de pet food atendem quesitos como porte, idade, estado de saúde, nível de atividade e o ambiente onde vivem os animais, todos esses fatores que são mais difíceis, senão tecnicamente impossíveis de se atingir com o alimento composto por sobras das refeições humanas.

“Existe a possibilidade de que um médico-veterinário, ou um zootecnista, formule uma dieta balanceada e que pode ser preparada em casa para os pets. No entanto, poucas famílias possuem tempo e o cuidado técnico para o preparo desse tipo de alimento. O pet food além de prático, também oferece um melhor custo-benefício para os consumidores”, pontua Galvão de França.

Faturamento da indústria pet brasileira

A indústria de produtos para animais de estimação deve encerrar 2023 com um crescimento de 10,6% em seu faturamento, com um valor de R$ 46,42 bilhões, de acordo com a Abinpet, e leva em consideração os números até o 1º trimestre de 2023. A projeção Abinpet não leva em consideração a movimentação no varejo, e não inclui a venda de animais diretamente de criadores.

Sobre a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) representa uma indústria que congrega os segmentos pet food (alimento e ingredientes), pet vet (medicamentos veterinários) e pet care (equipamentos, acessórios e produtos para higiene e beleza). A entidade fortalece o setor por meio de ações que contribuem para o desenvolvimento de seus associados. Também atua para aumentar a percepção de que os benefícios da relação entre seres humanos e animais de estimação se estendem a toda a sociedade.

Todos os produtos da indústria de alimentos e veterinários farmacêuticos e biológicos são fiscalizados pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA).

A Associação é referência técnica para o setor e publica há mais de dez anos o Manual Pet Food Brasil, adotado pelas principais fabricantes de alimento como guia de boas práticas. O Manual contém informações sobre os padrões técnicos e de qualidade de matérias-primas, parâmetros nutricionais, metodologias analíticas aplicáveis e condições ideais de produção para garantir alimentos seguros aos mercados nacional e internacional. Sua atualização ocorre a cada dois anos, considerando o desenvolvimento do setor.

Assessoria de Imprensa – Abinpet

biozyme robapagina
Nuproxa 07-2023
Subscribe Now!
agriCalendar
Relacionado con Nutrição Animal
Últimos posts sobre Nutrição Animal
nuproxa esp
banner special nutrients
Nuproxa 07-2023
biozyme robapagina

REVISTA NUTRINEWS BRASIL
ISSN 2965-3371

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.