09 Jul 2020

Impacto da fonte mineral no rendimento produtivo e digestibilidade do zinco, manganês, cobre e ferro em frangos de corte

A melhoria contínua do desempenho da produção animal, por um lado, e as preocupações ambientais, por outro, têm aumentado a necessidade de utilizar fontes mais eficientes de micro minerais. Foi demonstrado que os minerais ferro (Fe), manganês (Mn), zinco (Zn) e cobre (Cu) podem ser absorvidos em maior quantidade quando utilizados na forma orgânica do que na forma inorgânica. No entanto, a maioria dos estudos de biodisponibilidade tem sido realizada em leitões, com poucos dados sobre frangos. Conheça um estudo que investiga produção e digestibilidade total aparente, em frangos, através de um projeto experimental de depleção-replicação.

OBJETIVO
 

A melhoria contínua do desempenho da produção animal, por um lado, e as preocupações ambientais, por outro, têm aumentado a necessidade de utilizar fontes mais eficientes de micro minerais.
Foi demonstrado que os minerais ferro (Fe), manganês (Mn), zinco (Zn) e cobre (Cu) podem ser absorvidos em maior quantidade quando utilizados na forma orgânica do que na forma inorgânica.
No entanto, a maioria dos estudos de biodisponibilidade tem sido realizada em leitões, com poucos dados disponíveis sobre frangos.
 

MATERIAIS E MÉTODOS
 

ANIMAIS:
72 pintos de um dia de idade macho (Cobb 500)
ALOJAMENTO:
Centro Experimental da Universidade Livre de Berlim 1 – 14 dias de idade: canetas de chão com cama de madeira raspada. 15 – 28 dias de idade: gaiolas metabólicas em aço inoxidável. Três animais por gaiola, 8 gaiolas por tratamento.
DESENHO EXPERIMENTAL:
1 – 14 dias de idade: ração de esgotamento com apenas o conteúdo nativo de micro minerais . 15 – 28 dias de idade: rações repletas de minerais traços de acordo com recomendações oficiais (NRC, 1994); para a estimativa da contribuição mineral nativa um tratamento não foi suplementado com nenhum micro mineral (ração basal). Medição da digestibilidade total aparente pelo método do marcador TiO2 e coleta de amostras fecais, agrupadas por gaiola, nos 27 e 28 dias de idade.
TRATAMENTOS DURANTE O PERÍODO DE REPLEÇÃO: Basal: sem micro minerais adicionais suplementados, apenas o conteúdo nativo (46 ppm Fe, 16 ppm Mn, 16 ppm Zn, 5 ppm Cu) Sul: Basal + combinação de Zn, Mn, Cu e sulfatos de Fe (34 ppm Fe, 44 ppm Mn, 24 ppm Zn e 3 ppm Cu) Glicerina: Basal + combinação de quelatos glicina de Zn, Mn, Cu e Fe (34 ppm Fe, 44 ppm Mn, 24 ppm Zn e 3 ppm Cu)

RESULTADOS
 

O peso vivo no início do período de repleção foi semelhante entre os tratamentos, 381,1±20,2 g em média.
Ao final do teste, apenas pequenas diferenças numéricas de peso vivo foram detectadas (Sul=1501±33 g; Gly=1523±28 g; P=0,17).

A suplementação com quelatos de glicina aumentou o ganho de peso em 1,9% (P=0,24) em relação ao tratamento com sulfatos (Figura 1 A) e melhorou a taxa de conversão em 2,4% (Figura 1 B).

Quanto à digestibilidade aparente dos minerais traços, corrigida pela contribuição dos minerais nativos na ração (Figura 2), os minerais orgânicos tiveram uma absorção maior que os inorgânicos, sendo significativa para Zn, Mn e Cu (P<0,05), e numericamente para Fe (P=0,12).

CONCLUSÃO
 

Este estudo mostrou que a suplementação com quelatos de glicina tem maiores benefícios do que o uso de sais inorgânicos, como refletido na melhoria numérica dos rendimentos produtivos e nas diferenças significativas na digestibilidade dos minerais em frangos de corte.
Graças à sua melhor absorção no intestino, os minerais orgânicos permitem o uso de doses menores na ração sem prejudicar a produtividade, mas reduzindo a excreção para o meio ambiente.
 

Autores:

Alltech rp
Yes
agriNews FM pt
ABvista

Dr. Bastian Hildebrand, Gerente Técnico, Biochem Zusatzstoffe GmbH, Alemanha
Annika Mählmeyer, gerente de P & D, Biochem Zusatzstoffe GmbH, Alemanha
Rubén Crespo Sancho, Gerente Técnico de Vendas Espanha, Biochem Zusatzstoffe GmbH, Alemanha
 
 

zinpro robapaginas
ABvista
BANNER Tabelas Brasil
agriNews FM pt
Relacionado com Pesquisa

MAIS CONTEÚDOS DE

Dados da empresa
Alltech rp
zinpro robapaginas
perstorp-pt
SIAVS

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.