25 Feb 2022

Mato Grosso detém o maior rebanho de bovinos em 2021

Com os dados atualizados pelo Indea-MT, o rebanho total de bovinos alcançou um novo recorde em MT ao atingir 32,70 milhões de cabeças em 2021 (a maior quantidade de todos os estados brasileiros).

Esse resultado foi 5,24% superior ao observado em nov.20 e trouxe como destaque a região noroeste de Mato Grosso, com +11,20% de animais no mesmo comparativo, uma vez que o sistema predominante na região é o de cria. Ou seja, o incremento foi observado na quantidade de animais mais jovens, de 0 a 12 meses, enquanto os mais velhos, acima de 24 meses, resultaram em decréscimo no mesmo comparativo.
Além disso, vale destacar que o município que continuou liderando o ranking com maior número de cabeças de bovinos foi Cáceres, seguido do município de Vila Bela da Santíssima Trindade, com 1,17 milhão e 1,07 milhão de cabeças, respectivamente, ante o cenário de 2020.
Destaques

RECUO: com algumas plantas frigoríficas fora de mercado temporariamente, a arroba do boi gordo foi pressionada em 2,61% no comparativo com semana passada.
DECRESCEU: no mesmo sentido, o preço da arroba da vaca gorda registrou queda de 2,66% no comparativo semanal e ficou na média de R$ 284,36.
DESVALORIZAÇÃO: com o aumento da oferta na reposição aliado a queda no poder de compra do recriador, a relação de troca entre boi/bezerro decaiu 2,57% ante a semana passada.
A cotação da arroba do boi gordo em dólar volta a se valorizar em jan.22, após pressão no 4º trim.21 diante dos casos de “vaca louca atípica” no estado. Devido às questões sanitárias, a arroba mato-grossense foi pressionada e, da média dos US$ 56,78 no 3º trim.21, chegou a US$ 49,02 no 4º trim.21.
Assim, os preços, que vinham superando os de países como a Argentina e Paraguai, passaram a registrar as menores cotações em nível mundial. Porém, a retomada das compras externas devido ao esclarecimento de que o caso era atípico (reavendo a credibilidade para a carne de Mato Grosso), alinhado a oferta restrita, os preços voltaram a se valorizar e, em jan.22, ficou na média de US$ 58,13/@.
Por fim, a liderança dos preços em jan.22 se manteve com a Austrália e EUA, com as cotações na média de US$ 100,82/@ e US$ 80,96/@, respectivamente.

agriNews FM pt
BANNER Tabelas Brasil
Alltech rp
Itpsa nutri br 0722
Relacionado con Mercado
Últimos posts sobre rumiantes Mercado
Sectoriales sobre rumiantes Mercado
Itpsa nutri br 0722
ABvista
BANNER Tabelas Brasil
Alltech rp

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.