Banner Pancosma abaixo artigo principal nutriBR
18 May 2022

Oferta mundial de milho será reduzida para a safra 2022/23

Oferta mundial de milho será reduzida para a safra 2022/23 Segundo dados do relatório de oferta e demanda divulgado pelo […]

Oferta mundial de milho será reduzida para a safra 2022/23

Oferta mundial de milho será reduzida para a safra 2022/23

Segundo dados do relatório de oferta e demanda divulgado pelo USDA na quinta-feira (12/05), a primeira estimativa para a safra 2022/23 indica queda na produção mundial de milho, assim como no consumo e estoques finais. No que tange à produção, a estimativa da oferta ficou em 1,18 bilhão de toneladas, recuo de 2,87% ante a safra 2021/22.

Desse modo, a queda nas expectativas de produção mundial ocorre em virtude da menor oferta de milho por parte de grandes países produtores, principalmente pelos Estados Unidos, que deverão reduzir em 4,33% a sua produção em consequência do atraso na semeadura do milho, e pela Ucrânia, que estima uma brusca redução de 53,71% em sua oferta devido aos conflitos que ocorrem no país europeu.

No tocante à demanda, ela foi reduzida em 0,30%, motivada pela limitação na oferta mundial de milho. Desse modo, a menor oferta deverá impulsionar os elevados patamares de preço, reduzindo ainda mais os estoques finais do mundo.

Itpsa nutri br 0722 BANNER Tabelas Brasil

Destaques

QUEDA: Com os compradores recuados, a cotação do cereal na bolsa brasileira (B3) desvalorizou 3,22% no comparativo semanal e ficou cotado a R$ 89,62/sc.

RETRAÇÃO: Mesmo com a previsão de uma oferta global apertada de milho, as cotações em Chicago tiveram baixa de -0,65% na semana passada.

SINPET 0722
Alltech rp
ABvista
Itpsa nutri br 0722

ALTA: Com o aumento na inflação americana, o mercado prevê acréscimo na taxa de juros nos EUA. Assim, a moeda norte-americana teve uma valorização de 1,88% na última semana.

 

De acordo com a Secex, Mato Grosso exportou 104,37 mil toneladas de milho em abril/2022

Com isso, os embarques do estado já somam 15,57 milhões de toneladas na safra 2020/21 (que vai de jul.21 a jun.22), o que representa um recuo de 30,39%. em relação ao mesmo período da temporada passada.

A queda do montante enviado ao exterior está relacionada à redução na oferta do cereal no estado, devido aos atrasos no período da semeadura e estresse hídrico durante o período de desenvolvimento do cereal no último ano. Assim, com a colheita da próxima safra 2021/22 se aproximando, é esperado que os volumes embarcados aumentem a partir do mês de jul.22 no estado.

E devido as perspectivas de aumento da produção mato-grossense e oferta mundial mais limitada – reflexo dos atrasos na semeadura do milho nos EUA e redução na produção da Ucrânia – o Imea projeta um crescimento de 61,85% nos embarques em MT para a próxima safra em 25,20 milhões de toneladas.

Fonte: Imea

 

Alltech rp
Yes
agriNews FM pt
BANNER Tabelas Brasil
Relacionado com Grãos
Itpsa nutri br 0722
zinpro robapaginas
SINPET 0722
SIAVS

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.