26 Mar 2021

Temperatura da água abaixo do ideal: parâmetros sanguíneos, composição corporal e seleção da dieta em tilápia

A tilápia é amplamente cultivada nas regiões tropicais e subtropicais e sabe-se que a alimentação e a natação desse peixe […]

Temperatura da água abaixo do ideal: parâmetros sanguíneos, composição corporal e seleção da dieta em tilápia

A tilápia é amplamente cultivada nas regiões tropicais e subtropicais e sabe-se que a alimentação e a natação desse peixe diminuem a 20°C. Além do efeito de redução da taxa metabólica, é observada uma resposta ao estresse seguida por mudanças em alguns parâmetros bioquímicos e enzimáticos do sangue. As atividades de glicose, esterol, triglicerídeos e transaminase se alteraram na tilápia do Nilo que enfrenta o estresse pelo frio. Além disso, o cortisol plasmático também pode ser alterado em condições de baixa temperatura.

A temperatura afeta negativamente o metabolismo e a ingestão de alimentos, podendo afetar os nutrientes obtidos pelos peixes. Em termos comportamentais, os peixes podem revelar necessidades nutricionais por sua capacidade de regular a ingestão de nutrientes específicos. Estudos recentes demonstraram a existência de receptores gustativos e elementos sinalizadores no trato gastrointestinal de peixes, sugerindo que as propriedades sensoriais da dieta também podem ter efeitos funcionais além das sensações gustativas orais e palatabilidade.

Um estudo conduzido por Almeida et al. (2021), investigou se a alteração do perfil lipídico da dieta pode afetar como a tilápia responde a temperaturas abaixo do ideal (20°C). Foi avaliado o efeito das misturas de óleos vegetais e da temperatura abaixo do ideal sobre o crescimento, parâmetros sanguíneos e composição de ácidos graxos. O segundo objetivo foi investigar se os peixes podem usar sinais pós ingestivos para mostrar preferências alimentares de acordo com a temperatura ambiente, usando método de alimento encapsulado sem propriedades organolépticas.

 

BANNER Tabelas Brasil Yes

Ensaio 1: efeitos de lipídios e temperaturas no crescimento, consumo de ração, parâmetros hematológicos e composição corporal

Duzentos e cinquenta e seis peixes (15,36 ± 0,14g – 10,93 ± 0,12cm de comprimento) foram distribuídos de forma que totalizasse 16 animais por aquário. Duas temperaturas foram definidas: 8 aquários a 20°C e 8 aquários a 30°C.

Duas dietas foram formuladas com misturas de óleos vegetais e diferentes proporções de óleos de linhaça (LIN) e milho (COR) o crescimento da tilápia.

Em cada subsistema de temperatura (20 e 30°C), foram utilizados quatro aquários por dieta (LIN e COR). Assim, os animais foram distribuídos da seguinte forma:

BANNER Tabelas Brasil
ABvista
perstorp-pt
agriNews FM pt

 

Resultados

Na temperatura abaixo do ideal (20°C), os peixes apresentaram menor desempenho e os parâmetros de crescimento foram maiores nos peixes cultivados a 30°C. Os valores de comprimento final, peso final, ganho de peso, consumo de ração, eficiência alimentar e utilização aparente de proteína foram maiores nos peixes alimentados a 30°C. Além disso, a análise centesimal revelou lipídios mais elevados na composição corporal dos peixes cultivados a 20°C. Por outro lado, a proteína bruta (PB) foi maior nos peixes cultivados a 30°C.

 

Parâmetros hematológicos

Ao considerar as variáveis ​​bioquímicas séricas e o efeito da temperatura, foram encontradas diferenças significativas para o colesterol total com valores mais elevados a 20°C. Da mesma forma, VLDL (lipoproteína de densidade muito baixa), AST (aspartato aminotransferase), triglicerídeos (TG) e glicose foram todos maiores nos peixes mantidos a 20°C, enquanto o HDL (lipoproteína de alta densidade) foi maior nos peixes mantidos a 30°C. A glicose, TG e cortisol foram maiores nos peixes a 20°C. Os peixes alimentados com a dieta COR apresentaram maior cortisol em ambas as temperaturas.

 


Ensaio 2: abordagem comportamental dos sinais pós-ingestão para avaliar as preferências dietéticas e o consumo de ração

O ensaio 2 foi desenhado para avaliar a preferência da dieta de peixes quando permitido escolher entre as dietas experimentais LIN e COR sem nenhum efeito de propriedades organolépticas. Portanto, as características sensoriais das dietas foram isoladas pelo método de encapsulamento. As dietas foram as mesmas do primeiro ensaio.

Noventa e seis tilápias (34,02 ± 0,79g e 13,62 ± 0,13cm) foram divididas em dois grupos de temperatura: 48 animais a 20°C e 48 peixes a 30 ° C. Os peixes podiam selecionar as dietas encapsuladas fornecidas em diferentes salas de alimentação para avaliar se as preferências de dieta são influenciadas por sinais pós-consumo.

Resultados

O peso final foi de 65,83 ± 3,27g para os peixes alimentados a T30°C e 61,68 ± 2,31g para a condição T20°C. Inicialmente, os peixes sob a condição T30°C mostraram uma clara preferência pela dieta COR encapsulada. Após 4 dias, um padrão de seleção claro começou a ser definido. A partir do dia 15, foi observada uma preferência significativa da dieta por LIN para ambas as condições de temperatura. Ao considerar o consumo total de ração, os peixes criados a 30°C apresentaram maior consumo. O consumo médio de cada dieta ao final do período experimental revelou maior consumo da dieta LIN nas duas temperaturas.

Conclusão

Ambos os perfis lipídicos testados foram igualmente capazes de promover o crescimento normal sem comprometer o desempenho. A temperatura teve um efeito significativo no perfil lipídico da carcaça, mas as mudanças não foram direcionadas para a manutenção da fluidez da membrana, uma vez que o índice de insaturação foi aumentado em ambiente mais quente. Por fim, a tilápia prefere dieta com linhaça a dieta com milho, independentemente de suas propriedades sensoriais, o que sugere um efeito endógeno em sua escolha. Óleos ricos em N-3, como o óleo de linhaça, podem ter um uso estratégico na indústria de tilápia para reduzir o impacto do estresse causado por temperaturas abaixo do ideal durante o inverno, melhorando o bem-estar e a saúde durante a exposição ao frio.

 

Referências: C.A.L. de Almeida, C.K.L. de Almeida, E. de Fátima Ferreira Martins, M. Bessonart, R.T. Pereira, R.R. Paulino, P.V. Rosa, R. Fortes-Silva, Coping with suboptimal water temperature: modifications in blood parameters, body composition, and postingestive-driven diet selection in Nile tilapia fed two vegetable oil blends, Animal, Volume 15, Issue 2, 2021, 100092, ISSN 1751-7311.

Disponível aqui

Alltech rp
ABvista
Nucleovet 062022
Banner Evento ESG Simposio Leite Integral
Relacionado com Nutrição Animal
Banner Evento ESG Simposio Leite Integral
zinpro robapaginas
agriNews FM pt
Nucleovet 062022

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.