banner horizontal whats
Calor intenso e falta de chuvas desafiam plantio de soja no Brasil

19 Sep 2023

Calor intenso e falta de chuvas desafiam plantio de soja no Brasil

O plantio já começou em algumas áreas úmidas, mas o clima adverso pode limitar os trabalhos nos próximos dias, afetando o progresso

O calor intenso, com temperaturas acima de 40 graus Celsius em boa parte do Brasil esta semana, e a ausência de chuvas na maior parte do país deverão desafiar o início do plantio de soja no maior produtor e exportador global, segundo especialistas.

O plantio de soja já começou, inclusive antecipadamente em áreas que contam com umidade, como o Paraná e a parte noroeste de Mato Grosso, mas o clima adverso deve limitar os trabalhos nos próximos dias, fazendo com que o semeio avance pouco.

“Alguns produtores avançaram em pontos onde tinha umidade no solo, mas sem nova rodada de chuvas e sem previsão para os próximos dias e altas temperaturas, já estão tirando o pé onde está mais seco”, disse o analista Adriano Gomes, da consultoria AgRural, nesta segunda-feira.

agriCalendar
nuproxa esp

Muitos produtores conseguiram autorização para começar o plantio em 1º de setembro, antes do fim do vazio sanitário – quando não se pode plantar soja para evitar a disseminação da ferrugem asiática da soja –, visando antecipar a safra com foco no plantio de algodão após a colheita da oleaginosa. Sob condições climáticas de El Niño, alguns temem as chuvas cortem mais cedo no ano que vem, o que não seria bom para as lavouras da pluma.

“A continuidade do bom ritmo, porém, pode ser prejudicada nesta semana pelo clima”, acrescentou a consultoria.

Para o agrometeorolista da Rural Clima Marco Antonio dos Santos, o grande destaque desta semana vai para a temperatura “extremamente alta” nos últimos dias do inverno.

banner basf
biozyme robapagina
nuproxa esp
BANNER de LALLEMAND

“Os termômetros podem facilmente pode passar de 42 graus… desde o Paraguai, oeste do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Bahia…”, disse Santos, destacando que a maior preocupação é com Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, “onde termômetros podem chegar facilmente a 45, 46 graus”.

Segundo ele, podem ocorrer algumas poucas chuvas isoladas, mas com as temperaturas altas as lavouras poderiam ser prejudicadas. “Muita atenção para quem está soltando o plantio, não há previsão de chuvas generalizadas. E chuva de 10 milímetros com temperatura de 45 graus, isso cozinha a planta, muito cuidado”, comentou Santos.

Ele reformou que a previsão indica chuvas quase que “zero” na semana, na região central do Brasil. Com isso, no solo a temperatura pode passar facilmente de 60 graus. Uma frente fria chega no início da próxima semana, o que poderá romper o bolsão de calor. As precipitações favoráveis ao plantio só devem se regularizar, de fato, em meados de outubro, disse o agrometeorologista.

banner special nutrients
Subscribe Now!
biozyme robapagina
agriCalendar
Relacionado con Grãos
Últimos posts sobre Grãos
banner basf
BANNER de LALLEMAND
Subscribe Now!
banner special nutrients

REVISTA NUTRINEWS BRASIL
ISSN 2965-3371

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.