Alimentação de porcas e leitões visando resiliência ao estresse do desmame

26 Sep 2022

Alimentação de porcas e leitões visando resiliência ao estresse do desmame

A forma como os leitões lidam com o estresse do desmame tem um impacto significativo em seu desempenho posterior.

estresse-do-desmameUm experimento realizado em típicas condições de campo supervisionado pela Universidade de São Paulo no Brasil avaliou o desempenho de maternidade e creche de leitões em resposta a um programa alimentar envolvendo o ativador de agilidade de adaptação intestinal Anco FIT.

Estressores no desmame

Durante o processo de desmame os animais são submetidos à vários estressores diferentes:

estresse-do-desmame

O que importa é como o leitão se adapta ao estresse do desmame

O leitão deve adaptar-se rapidamente aos estressores acima para ser produtivo, saudável e eficiente.

Yes
BANNER Tabelas Brasil
Alltech rp
zinpro robapaginas

estresse-do-desmameNo nível celular e intestinal, os estressores no desmame causarão reações de estresse, como estresse oxidativo, redução da integridade intestinal, redução da ingestão de alimentos e respostas inflamatórias.

A intensidade dessas reações determinará o impacto do estresse do desmame sobre a saúde e o desempenho subsequentes do leitão. Isso significa que o manejo do leitão para reduzir as reações de estresse resultará em animais mais resilientes, ou seja, menores flutuações no desempenho e melhor saúde

Solução nutricional para maior resiliência

Um ativador de agilidade de adaptação intestinal é uma solução projetada para ajudar o animal a se adaptar aos estressores de forma mais eficiente por meios nutricionais. Parte de sua fórmula é uma combinação de compostos bioativos derivados de ervas e especiarias conhecidos por reduzir reações comuns ao estresse como estresse oxidativo e redução da integridade intestinal.

A inclusão do ativador de agilidade de adaptação intestinal às dietas de fêmeas altamente prolíferas durante a lactação incrementa a energia disponível para a produção de leite por diminuir a extensão das reações aos estressores.  Como resultado temos um melhor crescimento do leitão pré-desmame, o que novamente ajuda os leitões a estarem mais fortes ao desmame.

Em dietas pós-desmame, o ativador da agilidade de adaptação intestinal ajuda a reduzir as reações ao estresse em resposta aos estressores do desmame nos níveis celular e intestinal dos leitões, resultando em aumento da energia disponível para o crescimento, uma vez que as reações de estresse normalmente aumentariam a demanda por energia de mantença e tornariam os leitões mais suscetível a doenças.

Avaliação de um ativador de agilidade de adaptação intestinal em uma granja de produção suína no Brasil

O Departamento de Zootecnia da Universidade de São Paulo avaliou o ativador de agilidade de adaptação intestinal Anco FIT em um programa alimentar concebido para melhorar a adaptação ao desmame de leitões em uma granja comercial.

Design experimental

100 porcas (PIC x Camborough) foram divididas em dois grupos 14 dias antes do parto.

O tamanho médio das leitegadas foi de 14 leitões. Os leitões foram pesados ​​após o nascimento e ao desmame (26,5 dias). Os leitões ficaram dentro dos mesmos grupos pós-desmame, i.e., leitões de fêmeas suplementadas com Anco FIT seguiram recebendo Anco FIT em suas dietas após o desmame.

Ambos os grupos de leitões foram pesados ​​no dia 22 e no dia 33 pós-desmame.

Resultados

Leitões oriundos de fêmeas suplementadas com Anco FIT em suas dietas tenderam a ter pesos de desmame mais elevados, apesar de estarem em média 1 dia mais jovem ao desmame do que leitões oriundos do grupo de fêmeas controle.

Na fase de creche, os leitões do grupo Anco FIT cresceram significativamente mais rápido do que os animais do grupo controle e tiveram pesos significativamente mais elevados no dia 22 e no dia 33 após o desmame (+9,2% e +9,3% respectivamente).

Além disso, devido aos leitões deste grupo tenderam a ter pesos ao desmame mais elevados, uma melhora significativa na conversão alimentar nos leitões do grupo Anco FIT na creche foi observada.

Conclusão

Uma estratégia nutricional que compreende a aplicação do ativador de agilidade de adaptação intestinal Anco FIT para dietas de porcas em lactação, seguido pela adição de Anco FIT às dietas de leitões após o desmame melhora o desempenho geral dos leitões desde o nascimento até o dia 33 pós-desmame em comparação o controle em uma granja comercial.

A conversão alimentar melhorada observada em leitões suplementados com Anco FIT no período pós-desmame pode ser explicada devido a Anco FIT ajudar a reduzir as reações de estresse no nível celular e intestinal e, assim, economizando energia para o crescimento.

Por Gwendolyn Jones, Gerente de Produto e Marketing Digital da Pancosma.
Traduzido por Marco Aurélio Nunes, Gerente Técnico LATAM

Yes
Alltech rp
ABvista
Vetanco
Relacionado con Aditivos
Últimos posts sobre rumiantes - Aditivos
Contenido sobre otras especies - Aditivos

MAIS CONTEÚDOS DE

Dados da empresa
agriNews FM pt
ABvista
BANNER Tabelas Brasil
perstorp-pt

REVISTA NUTRINEWS BRASIL

Assine agora a revista técnica de nutrição animal

SE UNA A NOSSA COMUNIDADE NUTRICIONAL

Acesso a artigos em PDF
Mantenha-se atualizado com nossas newsletters
Receba a revista gratuitamente em versão digital

DESCUBRA
AgriFM - O podcast do sector pecuário em espanhol
agriCalendar - O calendário de eventos do mundo agropecuárioagriCalendar
agrinewsCampus - Cursos de formação para o setor pecuário.